segunda-feira, abril 16, 2007

Manias, manias, loucuras à parte.

Segundo meu amigo inseparável, o Priberam, esquizofrenia (do Gr. skhízein, fender + phrén, phrenós, espírito) significa género de psicose, cissão ou dissociação psíquica. Alguns estudiosos afirmam que a "esquizofrenia é uma doença mental que afeta a capacidade da pessoa distinguir se as experiências vividas são ou não reais. Afeta ainda a capacidade de pensar logicamente, sentir emoções e sentimentos, e comportar-se em situações sociais".
Minha mãe disse que já conheceu alguns esquizofrênicos. Eu não.

Mas estava aqui agora divagando, sentada em frente ao meu computador (da agência, no caso), pensando que tenho manias tão estranhas que eu gostaria de dar nomes científicos. A mais atual é passar pelas pessoas conhecidas na rua, quase “me bater” nelas e nas ocasiões em que não me enxergam, não falar com elas, nem dar “oi”, nada, passar despercebido. Isso me diverte muito! Penso como estamos envolvidos com a conta de água atrasada, o cardápio do almoço, o pai da amiga que morreu no acidente e o salário que não rende que não nos atentemos para rua, para as pessoas que passam por nós.
Virou uma mania tão grande, que no caminho do trabalho fico procurando “conhecidos” cegos. E me acabo na risada quando acontece de trombar em fulana e fulana não saber que a pessoa que empatou sua passagem naquela hora estudou com ela durante quatro anos na faculdade.

Até comentei aqui no blog, uns tempos atrás que eu tava com mania de limpeza. Mas só aos sábados. Dava sexta-feira e eu ficava louca: horas e horas programando como seria minha rotina da faxina. SE eu iria começar pelo meu quarto, pela cozinha, quantas roupas teria que lavar, dar uma geral nas paredes, etc.

Só manias, acho. Mas numa busca na internet achei o nome de algumas, umas sociáveis outras capazes de obrigar o total isolamento do cidadão.


Abulomania - Impulso mórbido para lavar-se e banhar-se
(Será que algum europeu tem essa?)

acribomania: Mania de exatidão. (Deve ser coisa de matemáticos)

agromania: Tendência mórbida à solidão, ou a vagar pelos campos.
(pelos campos???)

bruxomania: Sintoma de neurose que se caracteriza pelo excessivo ranger de dentes. (essa ia me irritar)

cacodemomania:
Distúrbio mental caracterizado pela ilusão de estar possuído por maus espíritos.
(sai pra lá, Exu!)

clastomania: Tendência patológica para destruir todos os objetos
(personagens de novela da Globo tem tendências à essa mania)

coromania: Desejo patológico de dançar. (esse venceria numa boa aquelas provas do BBB)

doromania: Tendência patológica a dar presentes. (queria que algum amigo meu tivesse essa)

erotografomania: Desejo patológico de escrever cartas de amor. (já tive um namorado assim)

filopatridomania: Desejo incontrolável de regressar à terra natal. (essa meu pai gostaria que eu tivesse)

metomania: Desejo irresistível de tomar bebidas alcoólicas; metilepsia, metiomania. (isso ai se cura no AA)

opsonomania: Apetite insaciável em relação a certas iguarias. (chocolate, chocolate!!!)

tristimania: Tristeza habitual sem razão aparente. (nas mulheres ocorre, principalmente na fase TPM de ser)

2 comentários:

tulio disse...

bruxomania? eu conheço isso como uma doença... bruxismo!
eu até poderia ter doromania, mas falta dindin, mania de rico é foda...
ta ai, eu tenho mania de querer dinheiro, essa tem nome?

MARIA DO ROSÁRIO DE FÁTIMA disse...

Gente, bruxismo é coisa séria. Meu querido marido Fábio Ameida é portador de bruxismo. Ele vai ter que realizar uma cirurgia, pois tem os dentes lindos, mas estão diminuíndo de tamanho a cada dia.

Fátima Couto.