sábado, agosto 25, 2007

Nunca mais eu bebo.

O que faz uma pessoa tão consciente de si encher a cara daquele jeito?
O que faz uma pessoa misturar champagne, com vinho, cerveja e um estomâgo vazio?
Decepção, o mundo as vezes é muito cruel, as pessoas são muito boçais e insuportáveis e o jeito para aguentar todo o desprezo guardado no peito é recorrer desesperadamente para esses entorpecentes líquidos.

Mas no outro dia você se dá conta de que essa não foi uma boa idéia e juntamente com essa constatação vem a pergunta básica: "passou um caminhão em cima do meu corpo?"

O desprezo gira para si: "isso é coisa de gente fraca". Cada qual tem seus momentos, não é?

E até agora existem as náuseas. Da ressaca e dos boçais insuportáveis.

Nunca mais eu bebo.

2 comentários:

Luiz Júnior disse...

Um conselho:

Pense na ressaca enquanto você bebe. Olha que eu fiz essa conta no TicoMia, depois de umas latinhas.

Eu passo 2 horas bebendo, alegre, falando besteira e me divertindo. Depois fico 24 com o mundo em slow motion, com a boca seca, com gosto de cabo de guarda-chuva e com a cabeça doendo.

Depois que eu pensei nisso, a cerveja não desceu mais...

P.S.: Eu tb gosto de ler seus textos... você escreve muito bem... um dia eu aprendo

Lindinha disse...

Éita, senti o "maravilhoso" gosto da sua mistura aqui. Rsss.
beijos Mi