quinta-feira, outubro 04, 2007

Dançando no Escuro


Contra-indicação para assistir Dançando no Escuro (Lars Von Trier):


-Se você possui tendências suicidas e até mesmo já tentou cortar os pulsos.
-Se você tem algum parente portador de algum tipo de necessidade especial.
-Se você chora com comercial de margarina ou até mesmo em treino de F1.
-Se você sempre tem esperança das coisas melhorarem.
-Se você gosta de assitir filme com estética tradicional.
-Se você perdeu algum ente querido a pouco tempo.
-Se você é mãe.
-Se você sofre de ansiedade, de síndrome de fazer justiça com as próprias mãos em histórias de ficção ou de transtorno do pânico.

-Indicado dormir após o filme.

Agora se você é capaz de assistir ao filme sem se envolver de corpo e alma, tudo bem.
Se não, se você for como eu, que pega o arco-iris mágico dos cinéfilos de carterinha que faz o transporte para tela da televisão (neste caso), Dançando no Escuro pode ser inflamável.

É um filme belíssimo, intenso, mas extremamente triste.
Bjork é um show da mais fascinante esquisitice.
Lars Von trier é o rei dos sentimentos que causam dor.
Estou me recuperando desde sábado.

7 comentários:

Lindinha disse...

Tem na Canal 3?Rs. Super me animei a ver depois do seu post.
Beijoca Midoca

... disse...

Tem na Canal 3!

[ Jarbas ] disse...

vixxx.
fiquei com vontade de assistir também, ainda mais porque tem Björk. meu amor esquimô.

Shirley de Queiroz disse...

Não vou assistir porque me enquadro nas seguintes categorias:
- Se você chora com comercial de margarina ou até mesmo em treino de F1.
-Se você sempre tem esperança das coisas melhorarem.
-Se você é mãe. (essa em processo de construção)

Arnaldo disse...

É por se enquadrar em todas estas categorias que o cinema vale a pena. Não fosse isso, não serviria pra nada.

Alberto Pereira Jr. disse...

já me falaram muito desse filme..
vou ver
^^

Rafael Carvalho disse...

É pesado, mas assim é o Von Trier. Sem redenção. Bjork está um primor em cena.