sexta-feira, julho 20, 2007

Falando nisso.

Morre ACM (dispensa tradução da sigla, né).

Depois de quatro pontes, duas safenas e duas mamárias e passar por cirurgia para retirada de três cálculos renais.

Foi três vezes deputado federal, três vezes governador da Bahia, prefeito de Salvador, além ter sido eleito senador em 1994 e 2002.

Idolatrado e desprezado.
Por bem ou por mal, uma lenda mística.

E ainda disse uns desaforos pra Jacques Wagner na eleição para governador.

Esse sim é um exemplo de brasileiro que não desiste nunca!


Leia o tópico abaixo.

2 comentários:

Arnaldo disse...

Esse já foi tarde. Tarde demais.

Jô Beckman disse...

como diria um amigo meu: " morreu mais um filho-da-puta!"

beijos