quinta-feira, março 12, 2009

O povo que não quer assinar o próprio nome

Eu enfrentava aquela espera infinita para ser atendida no Fórum. Enquanto isso, fazia o que mais gosto fazer enquanto espero algo: observar as pessoas.

Um idosa estava sentada, já havia sido atendida e esperava pelos seus documentos. Estava acompanhada por uma mulher mais jovem, que aparentava ser sua filha pelo jeito que se olhavam, conversavam e se tratavam.

O funcionário do Fórum chegou com o documento e diretamente pegou o dedo da senhora para fazer a assinatura digital.

A filha disse:
- Ela sabe assinar o nome.

O funcionário responde:
- Então assina.

Uma outra mulher que também aguardava o atendimento, sem ser chamada na conversa, falou:
- Fala pra ela sujar o dedo mesmo, é mais fácil.

A filha concorda

E a senhora responde:
-Eu sei escrever. Não me tirem esse direito só porque é mais fácil sujar o dedo. Me deixe pelo menos ser alfabetizada.

4 comentários:

Hélio disse...

Genial.

Essa historia eu nao sabia.

Shirley de Queiroz disse...

Poxa... Ela falou assim mesmo??? Ela é mais que alfabetizada. Poderia até ser politizada, se deixassem...

Euzinha disse...

o maior prazer da minha vó, que é semi analfabeta, é escrever um bilhete pro meu irmão e pra mim. azar se falta letra, a gente se esforça pra entender e ela fica feliz de ter dado o recado.

Jarbas disse...

lindamente!
fiquei fã dessa velhinha...!